Delegacia de Polícia Civil de Caicó-RN deflagra a “Operação Fantoche”, e prende liderança de facção criminosa atuante na cidade

A Polícia Civil através da Delegacia Municipal de Caicó deflagrou, na manhã desta sexta-feira, 15 de maio de 2020, a “Operação Fantoche”, visando dar cumprimento de Mandados de Prisão Preventiva expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca daquela cidade. Foram presos 03 integrantes de Facção Criminosa atuante na cidade, sendo eles: Gerfferson Nunes Alves, vulgo “Pompom” 31 anos, José Antônio da Silva Freire, vulgo “Zé da Brahma” 57 anos, Pablo Araújo da Silva Andrade, vulgo “Papel”  de 21 anos de idade.

LEIA MAIS NOTÍCIAS DO RN

Durante a operação, além das prisões, foram realizadas buscas e apreensões nas residências dos investigados, tendo sido encontrado vasto material relacionado à atuação da facção criminosa no município de Caicó, bem como à liderança exercida pelo preso “Zé da Brahma”, nos bairros de Nova Caicó e João Paulo II.

José Antônio da Silva Freire, vulgo “Zé da Brahma” é apontado como um dos líderes da facção “Sindicato do Crime” em Caicó, e de acordo com as investigações participou ativamente da ocorrência de vários assaltos em residências ocorridos no início deste ano de 2020, prestando auxílio material e intelectual aos seus subordinados.

De acordo com a Polícia Civil, “Zé da Brahma foi responsável por planejar e providenciar a aquisição de armas de fogo e demais elementos de suporte às atividades criminosas da facção, para que os demais suspeitos cometessem os crimes. As investigações apontaram que “Zé da Brahma” emprestou armas e reuniu os criminosos antes da realização do roubo a uma residência, no dia 25 de janeiro de 2020, no Bairro “Jardim de Allah”, onde, após confronto com a Polícia Militar, 05 (cinco) criminosos vieram a óbito.

Além disso, “Zé da Brahma” também é apontado como responsável pela prática de tráfico de drogas na região, e suspeito de integrar o “tribunal do crime”, que realizava o julgamento e punição de integrantes da facção que burlavam seus próprios regramentos. “Zé da Brahma” realizava suas atividades criminosas, sob a carapuça de “líder comunitário”, no bairro de “Nova Caicó”, e segundo apurou-se, seria pré-candidato a vereador da cidade de Caicó.

A operação teve início na madrugada desta sexta-feira, e contou com a participação de 20 (vinte) policiais civis, da Delegacia Municipal de Caicó e Delegacia Municipal de Acari. Após as prisões, os suspeitos foram encaminhados à Delegacia Municipal para prestar depoimentos, e em seguida foram encaminhados para o Sistema Penitenciário, onde ficarão à disposição da 2ª Vara Criminal da Comarca de Caicó-RN.

FIM DA LINHA