Em Catolé do Rocha e São Bento decreto fecha comércio na prevenção ao Coronavírus

Nas cidades de Catolé do Rocha e São Bento foram publicados decretos das prefeituras onde determinam. Suspensão de feiras livres, fechamento de bares e restaurantes (mantendo delivery), fechamento do comércio em geral, com exceção a alguns casos como (supermercados, postos de combustíveis, farmácias, loja de frutas, depósito de água e gás e padarias). Também fechamento de academias isso tudo por quinze dias.

VEJA TAMBÉM:

Não está permitida a aglomeração de pessoas nem em praças e tudo isso também foi recomendado em documento oficial pelo Ministério Público, assinado pelo promotor de justiça Stoessel Wanderley.

As ações já valeram nesse sábado, 21 de março e seguem até 05 de abril, mas um novo decreto pode estender o prazo, a depender da situação de saúde pública.

IGREJAS

Até cultos e missas não serão realizados, apenas em alguns casos serão mantidos com transmissão via internet, sem público

MP CATOLÉ

Na manhã do sábado ainda alguns comerciantes abriram suas lojas ou locais de venda ambulante, mas a Polícia Militar junto com servidores do poder municipal saiu em ações alertando ao fechamento. O MP afirma que está determinada a prisão que mantiver desobedecendo as ordens.

Em São Bento já houve um caso suspeito de Coronavírus e o paciente está em isolamento de seu lar. O resultado do exame sai na próxima semana.

As cidades declararam situação de Emergência, ante o contexto de decretação de Emergência em Saúde Pública de Interesse Nacional pelo Ministério da Saúde – MS, e a declaração da condição de pandemia de infecção humana pelo Coronaviìrus definida pela Organização Mundial de Saúde – OMS, bem como as medidas para enfrentamento do COVID-19, no âmbito dos municípios.

Confira documento de Catolé.

Decreto 012.2020 – CATOLÉ

BLOG DO CLINTON MEDEIROS