Home / Destaque / Entenda os efeitos do uso de anabolizantes para o coração
© iStock

Entenda os efeitos do uso de anabolizantes para o coração

Compartilhe:

Com a chegada do verão e os preparativos para o carnaval 2019, a obsessão pelo “corpo perfeito” aumenta e alguns recorrem aos esteroides anabólico-androgênicos, também conhecidos como anabolizantes, para obter resultados rápidos na forma física, como aumento de massa muscular, queima de gordura corporal e melhora do desempenho.

+ Urologistas alertam para uso “recreativo” de remédio contra impotência

Estima-se que no Brasil sejam quase 7 milhões de usuários. Para o cirurgião cardiovascular, Dr. Marcelo Sobral, a questão já se tornou um problema de saúde pública, principalmente porque os usuários são cada vez mais jovens e costumam consumir essas substâncias sem o acompanhamento médico devido.

“Esses anabolizantes são um grupo de compostos naturais e sintéticos, formados pela testosterona e seus derivados, que quando consumidos periodicamente podem causar sérias alterações cardiovasculares, psiquiátricas, metabólicas, endócrinas, neurológicas, hepáticas, renais e musculares”, conta Sobral.

Segundo o especialista, o sistema cardiovascular pode apresentar problemas após um mês do uso dessas substâncias, como: hipertrofia cardíaca, perda da força de contração muscular do coração, às vezes de maneira irreversível, levando a uma insuficiência cardíaca, além de promover a elevação da pressão arterial, alterações nas paredes dos vasos sanguíneos e no metabolismo dos triglicérides.

“O uso contínuo destas substâncias, sem indicação clínica e sem a ingestão adequada de líquidos, ainda pode causar falhas renais. Além disso, seu consumo pode resultar no desequilíbrio dos mecanismos metabólicos, como o de coagulação do sangue, aumentando o risco de trombose e em alterações no fígado, levando a elevação do colesterol ruim (LDL) e diminuição do colesterol bom (HDL)”, explica o cirurgião.

Mesmo não existindo comprovações científicas dos efeitos dessas sustâncias nas células neurais, especialistas afirmam que eles podem afetar o sistema nervoso gerando comportamento agressivo, irritabilidade, depressão, crises de ansiedade, além de distúrbios alimentares.

Para Sobral, a forma mais saudável de se conseguir um corpo forte e de alto rendimento para o período de carnaval é sempre optar pelo mais seguro. “A alimentação é um dos principais fatores que influenciam na nossa massa corporal. Siga uma dieta personalizada, busque profissionais que ofereçam um treino adequado para que você garanta o corpo dos seus sonhos. Mas lembre-se, cuidar da aparência sem pensar na saúde do seu corpo é andar na contra-mão.”, conclui o cirurgião.

NOTÍCIAS AO MINUTO

Leia mais notícias de saúde

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.