Home / Paraíba / Garota de 13 anos morre após sofrer parada cardíaca na UPA, em Patos

Garota de 13 anos morre após sofrer parada cardíaca na UPA, em Patos

Compartilhe:

A jovem Emanuele Vieira Viana, de 13 anos, residente na Rua José Crispim, Bairro Monte Castelo, em Patos, veio a óbito na tarde desta sexta-feira, dia 15, por volta das 15h00, enquanto dava entrada na Unidade de Pronto Atendimento Dr. Otávio Pires (UPA) após ser atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Leia também: Grupo armado derruba parede de condomínio, invade casa e faz família refém em Patos

A mãe da garota acionou o SAMU quando Emanuele Vieira sofreu um desmaio na tarde desta sexta-feira no banheiro da pequena casa dela. A adolescente estava se sentindo mal desde a noite do último domingo, dia 10, quando consumiu carne de um restaurante da cidade de Patos. A mãe desconfia da carne consumida.

Emanuele Vieira Viana foi atendida pelo SAMU, porém, a enfermeira não conseguiu acesso nas veias da garota que apresentava desidratação. A adolescente estava comunicativa, mas, ao dar entrada na UPA logo teve uma parada cardíaca. As equipes da UPA ainda tentaram por mais de 40 minutos a reanimação, porém foi em vão.

A família relatou que Emanuele sentia dores na barriga, teve diarreia e tontura. A garota chegou a ser atendida no Pronto Atendimento Maria Marques, Bairro Jatobá, mas teve alta médica horas depois na quarta-feira, dia 13, quando foi medicada e recebeu soro fisiológico.

De acordo com Wendel Palmeira a causa da morte foi parada cardíaca com morte súbita, no entanto, só exames mais detalhados podem dar o diagnóstico mais preciso. A mãe da jovem relatou que a família tem problemas cardíacos e esse fator será levado em conta.

JOZIVAN ANTERO – PATOS ONLINE

Leia mais notícias da Paraíba

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.