Homem é preso em Goiana-PE dois anos após fugir de penitenciária na Paraíba

Um homem que estava foragido do sistema penitenciário da Paraíba desde 2018 foi preso nesta terça-feira (15), em Goiana, na Zona da Mata de Pernambuco. Segundo a Polícia Civil, ele fugiu da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, em João Pessoa, de onde escaparam 92 detentos.

De acordo com a Polícia Civil, o homem é considerado de alta periculosidade e alvo de três mandados de prisão, todos relacionados ao crime de roubo. Ele, que não teve o nome divulgado, foi preso por policiais civis da Delegacia de Goiana, sob a coordenação do delegado Felipe Pinheiro.

A fuga da penitenciária em João Pessoa aconteceu após uma explosão para resgate de presos no local. Um policial militar morreu depois de ser baleado durante a ação criminosa.

A Polícia Civil informou, ainda, que o homem foi levado à Cadeia Pública de Goiana para ser, posteriormente, encaminhado ao sistema penitenciário da Paraíba.

A fuga

A fuga aconteceu no dia 10 de setembro de 2018 e começou com pessoas atirando de dentro de uma mata. Criminosos atiraram nas guaritas que estavam ocupadas por policiais militares, para confundi-los, e iniciaram uma troca de tiros.

Utilizando até mesmo fuzis, os bandidos fizeram com que os agentes penitenciários tivessem que se abrigar. Durante a fuga dos detentos, um policial militar foi baleado na cabeça. Ele foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde morreu.

Um grupo de criminosos fechou a rodovia e houve troca de tiros. A ação foi tão violenta que escolas municipais e Unidades de Saúde da Família ficaram fechadas no dia seguinte à fuga.

G1 PE

Deixe uma resposta