Homem é preso em Sapé, na PB, confessa crime e mostra local onde enterrou o corpo de mulher

Um homem de 18 anos foi preso em Sapé nesta quarta-feira (31) sob a suspeita de ter assassinado uma mulher de 40 anos. Ela estava sumida desde o domingo (28) e em meio às investigações a Polícia Civil da Paraíba chegou em Mailton Lavoisier Silva de Araújo. Ele foi preso dentro da própria casa, confessou o crime e levou os policiais até o local onde o corpo da mulher havia sido enterrado numa vala rasa.

As suspeitas contra Mailton começou porque testemunhas disseram que ele estava bebendo com a vítima na noite de domingo, numa festa que aconteceu na frente da casa da avó dele. Depois daquele momento, a mulher não havia sido mais vista.

A vítima era casada e tinha quatro filhos – o mais novo de apenas dois anos. Foi o marido dela quem foi à Polícia, na manhã de segunda-feira (29), dar queixa sobre o seu desaparecimento. Nesta quarta-feira (31), ele disse que a mulher gostava de sair e de beber, mas sempre que passava por perto da casa de Mailton ele a assediava.

O suspeito mora no bairro Cuba de Cima, a poucos metros da casa de sua avó. A vítima, por sua vez, morava 800 metros adiante. Ela acabou sendo enterrada, após ser morta, numa área de mata que fica por detrás da casa onde mora a avó do suspeito.

O homem foi preso em casa e, no momento em que era levado para o camburão, era chamado de “assassino” pela vizinhança. Muitos o xingavam, já que tanto ele como a vítima eram conhecido das pessoas das redondezas.

Ele permanecerá preso na Delegacia de Sapé a disposição da Justiça.

G1 PB

Fotos: Willames Santos