Homens ficam feridos em acidente entre carro e caminhão na BR-230, na Grande João Pessoa

Duas pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo um carro e um caminhão na madrugada desta terça-feira (12), na BR-230, entre Santa Rita e João Pessoa. Um caminhão parou na pista após um pneu estourar e foi atingido por um carro onde estavam quatro trabalhadores da construção civil.

O acidente aconteceu por volta das 5h40, no sentido Santa-Rita – João Pessoa, pouco depois da curva da antiga Manzuá, no trecho conhecido como Barriga Cheia. O motorista do caminhão, José Joaquim, contou como aconteceu a colisão.

“O pneu de trás furou. Quando eu parei na pista para encostar e trocar o pneu, o carro veio atrás e bateu em cheio”, contou

O caminhão transportava banana da cidade de Camutanga, em Pernambuco, para Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. O carro que seguia atrás estava com quatro passageiros, todos trabalhadores da construção civil que saíram de Gurinhém com destino a João Pessoa.

Com o impacto, o motorista do carro, o carpinteiro Egervânio Gonçalves, de 35 anos, e o passageiro, Edilson Gonçalves, que é guincheiro e tem 45 anos, ficaram feridos. Eles são irmãos e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para o Hospital de Trauma da capital.

Arnaldo Honorato da Silva, que é armador e cunhado dos homens que ficaram feridos, estava no banco de trás, junto com o pedreiro José da Silva. Eles não se machucaram, e Arnaldo relatou como se deu a colisão do ponto de vista do carro.

“A gente sempre vem para cá neste horário. Eu só me lembro que o caminhão estava parado lá na frente e quando o carro freou, já foi em cima e a gente bateu atrás”, disse Arnaldo.

Os quatro seguem sempre para João Pessoa na segunda-feira, mas nesta semana, em particular, o local onde eles trabalham autorizou antecipar o feriado desta terça-feira (12) para o dia 11.

Após o acidente, o Corpo de Bombeiros foi chamado para desligar a parte elétrica do carro e evitar um princípio de incêndio. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também esteve no local e ouviu o motorista do caminhão e os dois trabalhadores que estavam no carro.

Até as 8h20, o estado de saúde das duas vítimas levadas para o Trauma não foi divulgado.

g1 PB