Irmãos são presos na PB suspeitos de série de arrombamentos em AL e PE; prejuízo chega a R$ 500 mil

Dois irmãos foram presos nesta sexta-feira (10), em João Pessoa, suspeitos de participação em uma série de arrombamentos em centros de distribuição de uma rede de cosméticos e em lojas, no interior do Nordeste. Os crimes aconteceram em cidades de Pernambuco e Alagoas. A prisão foi em uma operação conjunta das polícias Civil da Paraíba e de Alagoas, e também a Polícia Rodoviária Federal. O prejuízo aos lojistas, segundo as investigações, chega a mais de R$ 500 mil.

No momento da prisão, foram apreendidas duas armas de fogo e parte da mercadoria furtada.

Segundo as investigações, os irmãos fazem parte de um grupo que invadiu lojas nas cidades de União dos Palmares e Santana do Mandaú, em Alagoas; e Limoeiro e Garanhuns, em Pernambuco. As invasões teriam ocorrido em apenas cinco dias.

De acordo com a Polícia Civil da Paraíba, os presos são considerados peças-chave da organização, pois eram os responsáveis pela receptação do material furtado. Eles estudavam os alvos e apontavam quais empresas deveriam ser atacadas, pagando um valor em dinheiro aos arrombadores. Depois, vendiam os produtos furtados por um preço abaixo do valor de mercado.

Além de várias mercadorias recuperadas, os policiais apreenderam duas pistolas e várias munições. Os dois homens estão presos em João Pessoa.

G1 PB