João Pessoa cancela festas de Réveillon na orla para não promover aglomerações

As festas de Réveillon, que estavam sendo planejadas na orla de João Pessoa, foram canceladas conforme anunciou o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, nesta segunda-feira (29), durante uma coleta de imprensa. Apesar disso, praia vai estar liberada para livre circulação de pessoas e reuniões particulares. Festas em bares e em casas de shows podem acontecer com protocolos de prevenção à Covid-19.

Segundo o prefeito, a preocupação com a nova variante do coronavírus, o Ômicron, e com uma possível nova onda de contaminação foram as razões que levaram ao cancelamento dos eventos.

A prefeitura decidiu não divulgar o nome das bandas que fariam parte dos shows previstos, porém afirma que não houve prejuízo para os cofres públicos.

Já o “Natal dos Sentimentos”, com polos na praia, na Praça da Independência e no Parque da Lagoa, está mantido. Conforme a prefeitura, nesses eventos a gestão consegue ter controle de público e não vai gerar uma aglomeração de 200 mil pessoas, como uma virada do ano na orla faria.

A festa vai acontecer nesses três polos, que serão interligados por vias decoradas e com deslocamento garantido. Neles, será realizada uma série de eventos integrando os polos e a população. O público vai poder participar de corridas e passeios ciclísticos.

A expectativa da prefeitura é de que o “Natal dos Sentimentos” promova um aumento de 200% no número de turistas, movimentando cerca R$ 80 milhões em negócios e investimentos. Existe a previsão também que pelo menos 4,5 mil empregos diretos ou indiretos sejam gerados.

A Prefeitura de João Pessoa estima que mais de 250 mil turistas devem desembarcar em João Pessoa para passar o fim de ano.

g1 PB

 Foto: Diogo Almeida/G1/Arquivo