Home / RN / Jovem é retirado de dentro de casa e executado a tiros na zona rural de Mossoró

Jovem é retirado de dentro de casa e executado a tiros na zona rural de Mossoró

Compartilhe:

Um crime de homicídio provocado por disparos de arma de fogo, foi registrado por volta de 01h30min desta madrugada de sábado, 08 de junho de 2019, na zona rural de Mossoró na região Oeste do Rio Grande do Norte.

Leia também: Casal é morto a tiros dentro de casa no Alto da Pelonha em Mossoró

A vítima, um jovem identificado como João Bosco Valetim Júnior, 20 anos de idade, foi morto com vários tiros em frente a sua residência, no sítio Recanto da Esperança, bem próximo a Comunidade rural de Alagoinha.

Segundo informações da Polícia Militar, que foi acionada para o local e isolou o corpo, o jovem teve sua casa invadida pelos criminosos, que arrastaram o mesmo de dentro da residência e o executaram na frente da casa.

A Delegacia de Plantão da Polícia Civil e o ITEP foram para o local, onde realizaram os procedimentos. Após a perícia, o corpo do jovem foi recolhido e levado para o Instituto Médico Legal onde passará por exames de necropsia e depois será liberado para sepultamento.

FIM DA LINHA

Leia mais notícias do RN

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.