Home / Destaque / Michel Temer se entrega à Polícia Federal em São Paulo
Amanda Perobelli/ Reuters

Michel Temer se entrega à Polícia Federal em São Paulo

Compartilhe:

O ex-presidente Michel Temer se entregou na sede da Polícia Federal na tarde desta quinta-feira (9). Na quarta-feira (8), o TRF2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) alterou a decisão que o mantinha em liberdade e o político voltará para a cadeia.

Leia também: Senador Veneziano é condenado a perda do mandato por improbidade administrativa

Ainda não há detalhes de onde Temer deverá ficar. Quando teve a prisão decretada pela primeira vez, o ex-presidente permaneceu na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

A decisão caberá à juíza federal substituta Caroline Figueiredo, da 7ª Vara Federal Criminal, que cobre as férias do juiz Marcelo Bretas.

Temer e o amigo dele, o coronel da reserva João Baptista Lima Filho, que também voltará à prisão, estavam soltos após passarem quatro dias detidos, em março.

O ex-ministro Wellington Moreira Franco também foi para a cadeia na ocasião, mas mantido em liberdade no julgamento de quarta.

Como a decisão era provisória e foi tomada por apenas um desembargador, Ivan Athié, caberia aos demais integrantes da turma votarem o habeas corpus. O resultado foi de 2 votos a favor de prisão e 1 contra.

O advogado do ex-presidente, Eduardo Carnelós, afirmou que considera a decisão “uma injustiça, que não há fundamento [jurídico]”. “É uma história triste do Judiciário brasileiro”, completou.

R7

Leia mais notícias da política

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.