Morador é denunciado ao MP por crime ambiental depois de vídeo comendo cobra e morcego em MT

Um morador de Dom Aquino, a 172 km de Cuiabá, gravou um vídeo comendo cobra e morcego. As imagens começaram a circular e a Secretaria de Saúde do município denunciou o caso ao Ministério Público Estadual (MPE).

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO BRASIL

Aldair Antônio da Silva, de 46 anos, já foi notificado, com base na Lei de Crimes Ambientais. Ele alegou que nunca postaria o vídeo e que mandou para um conhecido dele, que havia lhe pedido. Após o ocorrido, ele foi notificado e assinou um termo se responsabilizando sobre o vídeo.

“Em nenhum momento eu quis prejudicar ninguém ou desafiar ninguém. Não foi a minha intenção causar transtorno”, afirma.

No vídeo, ele pica os animais já mortos. Em seguida, coloca alho e come os pedaços crus. A cobra está com a pele.

O Artigo 209 da lei diz que é crime matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização dos órgãos ambientais.

A pena prevista para esse tipo de crime é de seis meses a um ano de prisão, além de multa.

Segundo o secretário da Saúde de Dom Aquino, Cláudio Amarante, o vídeo é verídico e as providências foram tomadas.

“Nós já tomamos as providências cabíveis na Vigilância Sanitária. Ele foi procurado e foi responsabilizado pelo crime. Encaminhamos ao Ministério Público e esperamos um posicionamento.”, afirma.

G1 MT