Mulher é morta asfixiada em frente aos filhos no dia do aniversário, no RJ

Uma mulher foi morta asfixiada na última quinta-feira (21), na comunidade do Roseiral, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Segundo a família de Adriana Valério Fontora, ela teria sido assassinada pelo marido na frente dos três filhos no dia em que completava 33 anos.

VEJA TAMBÉM:

Vizinhos ouviram uma discussão entre o casal, mas imaginavam ser apenas uma briga. De acordo com pessoas que conheciam Adriana, desentendimentos faziam parte da rotina dela e do marido.

A mulher, que vendia quentinhas para sustentar os filhos de 11 meses, 4 anos e 6 anos, havia se separado do principal suspeito pelo crime, se casado com outra pessoa, mas voltado a morar com o primeiro marido há alguns meses.

Adriana foi encontrada morta por uma amiga, que estranharam a vítima não estar atendendo o celular no dia do aniversário.

A DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) investiga o caso e procura o marido de Adriana para prestar maiores esclarecimentos sobre a morte da vendedora de quentinha.

Segundo feminicídio em Belford Roxo

Também na cidade da Baixada Fluminense, Jéssica de Silva Sales, de 31 anos, foi morta a golpes de faca pelo ex-marido. Segundo testemunhas, ela havia se separado do marido e voltava à casa para buscar seus pertences, momento no qual foi assassinada.

Vizinhos chamaram a polícia, que prendeu assassino pelo feminicídio – homicídio motivado por gênero – enquanto ele tentava se matar. O caso também será investigado pela DHBF.

R7