Home / Destaque / Mulher mata o marido com uma facada no peito, em Teixeira-PB

Mulher mata o marido com uma facada no peito, em Teixeira-PB

Compartilhe:

Por volta das 23h50min de ontem (domingo, 12), uma mulher de nome Maria Izayne Alves ferreira , de 20 anos, matou a facada o seu companheiro Gustavo Cordeiro Quaresma, trabalhador braçal, de 24 anos, dentro do banheiro da residência do casal, no bairro Pedra do Galo, em Teixeira, Região Metropolitana de Patos.

Leia também: Acidente envolvendo carro e moto deixa uma vítima fatal na saída de Sousa para Aparecida

Segundo as informações colhidas até agora ela o atingiu com um golpe de faca peixeira no peito esquerdo e ele morreu no local.

O casal não tinha filhos.

A suspeita não fugiu. Ela mesma ligou para a polícia de Patos contando o fato e informando que agiu em legítima defesa. A polícia de Patos acionou a 4° Companhia de Polícia Militar de Teixeira, que efetuou a prisão.

Maria Izayne alega que matou para não morrer, que estava sendo agredida e conseguiu pegar a faca primeiro. A polícia está colhendo informações e investigando o caso.

FOLHA PATOENSE

Leia mais notícias da Paraíba

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.