Operação policial apreende droga, dinheiro e arma de fogo em Caicó-RN

Dois homens foram presos e três adolescentes apreendidos em uma operação policial que resultou na apreensão de um revólver, munições de pistola .40, drogas e produtos do tráfico, além de objetos roubados. A operação contou com 16 homens da Polícia Civil sob o comando do Delegado Leonardo Germano, e apoio de policiais do 6° BPM da Polícia Militar (RP 03 e RP Reforço) e 5ª CIPM.

A Polícia Civil iniciou a operação no início da tarde e policiais militares foram em apoio após ser ouvido disparos de arma de fogo próximo ao Colégio Dom Adelino onde estava acontecendo a operação. Uma guarnição de reforço foi em apoio e conseguiu prender o presidiário, que está em regime semi aberto, ALAN CARLOS CIRILO DA SILVA vulgo ALAN PEPEU.

Agente tava saindo da diária e o COPOM passou um QTC Rotativo (mensagem para todas as viaturas) de disparo de arma de fogo no Walfredo. A gente foi averiguar, que a gente estava bem próximo, quando chegou lá,i era pessoal da Civil que tinha feito uma operação, e fugiu dois elementos o “PAI VÉI e o ALAN PEPEU“. A gente fez o cerco lá e, a guarnição da gente conseguiu pegar o ALAN PEPEU, várias munições de .40 (uso restrito da PM) e droga, e ele está mais de tornozeleiras. A outra viatura, a RP 03, tava dando apoio a gente“, disse o sargento da viatura de reforço.

ALAN PEPEU foi autuado por Posse Ilegal de Munições (pistolas .40 e 380), Tráfico de Drogas (crack + dinheiro fracionado) e Receptação (objetos roubados em sua residência). Ele envolveu-se em um episódio onde ele com 3 comparsas chegaram no Hospital Regional do Seridó armado e aterrorizou funcionários e população após um comparsa ser assassinado. Possui condenação por Roubo e foi preso usando tornozeleira eletrônica.

MATEUS ALYSSON VICTOR DA SILVA foi preso por Tráfico de Drogas (maconha + crack + cocaína cerca de 1,7kg), Posse Ilegal de Arma de Fogo e munições além de Corrupção de Menores.

Também três adolescentes foram apreendidos na operação, sendo que, dois foram liberados e um ficou, para decisão do judiciário.

CAICÓ NA ROTA DA NOTÍCIA