Home / Paraíba / Paraíba registra mais de 1,2 mil mortes violentas em 2018 e reduz casos em 5,3%
Um dos casos emblemáticos de 2018 foi a morte do sargento Josélio Leite dentro do quartel em João Pessoa — Foto: Walter Paparazzo/G1

Paraíba registra mais de 1,2 mil mortes violentas em 2018 e reduz casos em 5,3%

Compartilhe:

O número de mortes violentas da Paraíba caiu 5,3% em 2018 em relação a 2017. O dado é parte de um levantamento de dados feito pelo G1 com base em informações da Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds) da Paraíba via Lei de Acesso à Informação (LAI).

+ Homem é morto quando seguia na garupa de uma moto no sertão da PB

De acordo com a Seds, de janeiro a dezembro de 2018 foram registrados 1.215 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que incluem casos de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguido de morte.

Em comparação ao números de 2017, quando foram registrados 1.284 casos de mortes violentas, o ano passado terminou com 69 vítimas a menos de mortes violentas, conforme registros da Seds.

A redução apresentava em 2018 supera a queda contabilizada em 2017 em relação a 2016, quando o número de casos de CVLI caíram 2,87%, passado de 1.322 para 1.284 mortes. O ano de 2018 confirma mais um ano de tendência na queda de homicídios.

A queda desde 2012, quando teve início a série histórica por sete anos consecutivos, a redução no número de mortes é de 21,2%, caindo de 1.542 em 2012 para 1.215 em 2018, apresentando a diferença de 327 mortes a menos.

Mortes violentas na Paraíba em 2018

Tipo do crimeNúmero de vítimas
Homicídio doloso1.168
Latrocínio34
Lesão corporal seguida de morte13

Fonte: Seds

G1 PB

Leia mais notícias da Paraíba

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.