Paraíba tem a segunda maior alta do país em número de assassinatos no 1º trimestre de 2021

A Paraíba teve um aumento de 13,6% nos assassinatos nos três primeiros meses deste ano na comparação com o mesmo período de 2020, sendo o 2º estado do país com maior crescimento no índice. Os dados são do Monitor da Violência, índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Em janeiro, fevereiro e março, foram registradas 300 mortes violentas, contra 264 no primeiro trimestre de 2020. Ou seja, 36 a mais. Estão contabilizadas no número as vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.

Apenas cinco estados contabilizaram alta no período: Roraima (18,8%), Paraíba (13,6%), Maranhão (11,5%), Piauí (1,3%) e Pará (0,5%). A média nacional foi de queda de 11%, após um 2020 violento que interrompeu uma tendência de redução do índice em dois anos consecutivos.

O levantamento, que compila os dados mês a mês, faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

G1 PB