Home / Destaque / Paraibano é morto ao tentar assaltar policial militar no RN; veja o vídeo

Paraibano é morto ao tentar assaltar policial militar no RN; veja o vídeo

Compartilhe:

Um paraibano da cidade de Picuí foi morto nesta sexta-feira (4) ao tentar assaltar um policial militar na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte.

Durante a troca de tiros Eduardo Felipe dos Santos, 18 anos de idade, foi morto, enquanto seu comparsa, ainda não identificado, foi ferido. O militar também ficou ferido, após sofrer um tiro na altura das costelas, mas passa bem.

+ Paraibano de 23 anos morre vítima de grave acidente no Rio de Janeiro

O crime aconteceu no conjunto Parque dos Coqueiros, na Zona Norte de Natal. Quando o soldado caminhava pela rua, os dois criminosos se aproximaram e anunciaram o assalto, apontando uma arma para ele. O policial sacou sua arma, ao mesmo tempo em que tirava o aparelho celular do bolso, e reagiu.

O PM foi levado consciente para o Hospital Santa Catarina. O estado de saúde dele é considerado estável. Já o assaltante ferido foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Potengi. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

A motocicleta que estava com os bandidos foi apreendida. O veículo, ainda de acordo com a PM, tem queixa de roubo. Uma arma também foi apreendida com os assaltantes.

Um vídeo (veja abaixo) gravado por uma câmera de segurança mostra o momento exato em que houve a reação policial, onde os dois assaltantes acabaram se dando mal.

PARAÍBA.COM

Leia mais notícias do RN

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.