Polícia apreende fuzil, munições e dois carros blindados em Natal

Policiais da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) apreenderam nesta quarta-feira (12) prenderam dois homens e apreenderam um fuzil, além de munições, uma pistola e dois veículos blindados no bairro de Candelária, na Zona Sul de Natal.

VEJA TAMBÉM:

“Um fuzil desse é avaliado em cerca de R$ 80 mil a R$ 90 mil”, explicou o delegado Luciano Augusto, da Deicor.

(Errata: O G1 errou ao informar que sete fuzis, 6 mil munições e 20 quilos de explosivos foram apreendidos nesta quarta-feira (12). Na verdade, esse é o número total de apreensões no ano nas operações contra quadrilhas que atuam com armas de grosso calibre. Nesta quarta, foram apreendidos um fuzil, uma pistola, munições e dois carros blindados. A informação foi corrigida às 21h07 deste 12 de maio.)

Essa operação para apreensão de armas de grosso calibre tem ocorrido desde o início do ano, segundo a Deicor. Em abril, três fuzis e mais de 20 quilos de explosivos também foram apreendidos no estado. Também em abril, mais dois fuzis foram apreendidos no município de São Pedro. Ao todo já foram apreendidos sete fuzis, explosivos e mais de 6 mil munições.

“O armamento era basicamente empregado para explodir banco, assaltar carros-fortes”, explicou o delegado. Segundo ele, o grupo também usava dois veículos blindados, que também foram apreendidos.

“Foi a primeira vez que a gente conseguiu identificar que a quadrilha fazia uso de carros blindados. Então a gente imagina que seja pra própria proteção deles, em relação à facção rival, ou alguma tomada de assalto do armamento que eles trafegam pelas vias dos estados do Nordeste”.

Bandidos também usavam carros blindados, que foram apreendidos — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

Um dos presos, segundo a Deicor, era conhecido como Senhor das Armas, e já tinha sido presos outras vezes. A Polícia Civil acredita que ele era o principal responsável por comercializar armas de grosso calibre no estado.

“Ele já tinha 16 passagens por diversos delitos no Nordeste. Nós conseguimos identificá-lo como o comercializador de armas de fogo de grosso calibre no RN. É um dos principais que trazia as armas pra cá”, disse o delegado Luciano Augusto.

G1 RN