Home / Brasil / Polícia Civil apreende fuzis e três toneladas de drogas em Juiz de Fora

Polícia Civil apreende fuzis e três toneladas de drogas em Juiz de Fora

Compartilhe:

A Polícia Civil de Juiz de Fora anunciou na manhã desta quarta-feira (22) a maior apreensão de drogas e armas pela corporação em Minas Gerais neste ano. Um homem de 38 anos foi preso por tráfico internacional de drogas e tráfico internacional de armas na Operação “Murum”.

Leia também: Suspeito de matar filha e neto em PE é preso em Campina Grande

Segundo a ocorrência, em um sítio no distrito de Torreões foi localizado um caminhão. No fundo falso estavam escondidas 35 armas, sendo 8 fuzis, cerca de 1 mil cartuchos – a maioria de calibre 762 – e três toneladas de maconha.

Com a apreensão da droga, armamento, caminhão e veículo, a Polícia Civil estima prejuízo de cerca de R$ 5 milhões para a organização criminosa. Outros detalhes serão divulgados pela Polícia Civil ainda nesta quarta.

‘Porto seco’ do crime

Segundo o delegado regional Armando Avólio, a operação começou no fim da tarde de terça-feira (21) e seguiu durante toda a madrugada de quarta (22). O trabalho é resultado de uma investigação da Inspetoria Regional com a Delegacia Especializada Antidrogas.

As informações preliminares apontam que o preso atuava em uma organização criminosa trazendo carregamentos de drogas e armas que seriam distribuídas em Juiz de Fora e favelas do Rio de Janeiro. O sítio funcionava como um “porto seco”, onde os carregamentos vindos do Paraguai eram recebidos e repartidos entre a cidade mineira e a capital fluminense. Caixas de munições demonstraram que os materiais vieram do país vizinho.

Armando Avólio ressaltou que a apreensão retirou um arsenal e drogas das mãos de criminosos e desmantelou esquema criminoso que usava Juiz de Fora para guardar armas e drogas de facção criminosa carioca.

O delegado titular da Delegacia Especializada Antidrogas, Rogério Woyame, ressaltou que as investigações vão continuar para a identificação de outros integrantes do grupo criminoso.

G1 MG

Leia mais notícias do Brasil

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.