Preso de Justiça em liberdade vigiada é morto a tiros dentro de casa em Mossoró

O crime aconteceu por volta das 17h30min de hoje 28 de novembro, na Rua Antônio Mendes Oliveira Neto, no bairro Costa e Silva em Mossoró no Rio Grande do Norte.

VEJA TAMBÉM:

A vítima segundo informações é o preso de justiça em liberdade vigiada por tornozeleira eletrônica, Júlio César da Silva Bertuleza “Juca dos Pintos” de 28 anos de idade.

Segundo informações, “Juca” estava conversando com uma irmã dele, na porta da casa dela, quando foi surpreendido por três elementos que chegaram num carro Ford-K do modelo novo de cor prata. O carro, segundo a polícia estava sendo dirigido por uma mulher, com os dois criminosos de moletom e encapuzados.

Os dois elementos armados de pistola e escopeta calibre 12 desceram a atiraram em “Juca dos Pintos” ainda na calçada da residência. Ele correu e foi seguido pelos matadores que terminaram a execução na sala da casa. Juca foi morto com tiros de pistola e um tiro de escopeta, na região do abdômen.

A polícia recebeu informações que Júlio César da Silva Bertuleza, passou 04 anos preso, acusado de envolvimento com assalto e tráfico de drogas e há poucos dias havia deixado a prisão, usando uma tornozeleira eletrônica.

A polícia recebeu uma informação, que momentos antes do crime, “Juca dos Pintos”estava na frente da casa conversando com outro preso, usando uma tornozeleira e não descarta a possibilidade do tal elemento ter passado a localização da vítima para os criminosos. A polícia já tem a identificação do tal elemento e espera localizá-lo a qualquer momento.

A equipe de perícia criminal recolheu cerca de 20 capsulas de pistola e identificou no corpo da vítima, cerca de 11 perfurações de uma arma do mesmo calibre e uma perfuração de munição de grosso calibre.

O CÂMERA