Radialista catoleense morre aos 66 anos em Currais Novos-RN

A Imprensa de Currais Novos, na região do Seridó Potiguar amanheceu de luto nesta quarta feira. O radialista, comunicador e empresário Raimundo Alves, ou R. Alves como era mais conhecido, morreu na noite de terça feira (18) em consequências de problemas de saúde.

VEJA TAMBÉM:

R. Alves, tinha 66 anos, era natural de Catolé do Rocha e ultimamente vinha enfrentando problemas renais e fazia sessões de hemodiálise em Caicó, mas já estava se preparando para ser submetido a um transplante de rins. Na noite de ontem ele passou mal e foi levado as pressas ao hospital da cidade, indo direto para a UTI, mas infelizmente não resistiu.

Raimundo Alves teve uma longa trajetória pelo Rádio Potiguar. Em Mossoró, comandou durante vários anos a direção da Rádio Libertadora Mossoroense. Atuou também nas rádios de Currais Novos e Caicó e atualmente era diretor do jornal impresso “A Notícia” de propriedade da família.  Em março do ano passou, o filho dele Diógenes morreu de infarto fulminante, o que abalou ainda mais a saúde do radialista que já era debilitada.

O Blog Fim da Linha vem nesse momento difícil se solidarizar com a família e em especial a filha, a jornalista Denise Santos, colega de profissão.

FIM DA LINHA