Saúde da PB diz que não tem previsão para liberação do uso de máscaras

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, informou na manhã desta quarta-feira (27) que não há previsão para flexibilização do uso de máscaras na Paraíba. Geraldo Medeiros ainda ressaltou que não considera o momento adequado para a desobrigação, tendo em vista que somente 46% da população do estado está com o esquema vacinal completo. Outros estados anunciaram a liberação do uso do material de proteção em ambientes abertos.

“Nenhuma previsão em relação à desobrigação do uso de máscaras no Estado da Paraíba. Temos 46% da população com esquema vacinal completo. Portanto, não é a hora”, explicou.

O secretário também reforçou que o uso de máscaras é uma importante barreira mecânica para o combate ao coronavírus. Portanto, necessária para o controle de casos.

“A barreira mecânica exercida pela máscara impedindo a entrada do novo coronavírus pelas narinas e boca representa um meio de proteção importante para você não se contaminar”, disse ele.

Procurado pelo g1, o secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, também informou que não há previsão para a desobrigação do uso de máscaras na cidade

Nesta terça-feira (26), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), determinou o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos, a partir de 3 de novembro. No Rio de Janeiro, deputados da Assembleia Legislativa aprovaram, também nesta terça-feira (26), a flexibilização do uso de máscaras no estado, de forma gradativa e em locais determinados.

g1 PB