Home / Brasil / Seis jogadores da base do Flamengo e quatro funcionários morrem em incêndio

Seis jogadores da base do Flamengo e quatro funcionários morrem em incêndio

Compartilhe:

O incêndio que atingiu a alojamento da categoria de base do Flamengo no Ninho do Urubu, na Zona Oeste do Rio, no início da manhã desta sexta-feira (8), deixou seis atletas e quatro funcionários mortos. Já foram identificados os corpos de dois jogadores da base.

Leia também:Agricultor morre atingido por raio ao sair de casa para ver a chuva no Ceará

Dez mortes foram confirmadas, mas nem todos os nomes ainda não foram divulgados para que as famílias sejam avisadas antes.

Três adolescentes ficaram feridos, um deles em estado grave, e foram levadas para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra. Os adolescentes feridos são: Cauan Emanuel Gomes Nunes, 14 anos, de Fortaleza (CE), se encontra em estado grave; Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos, é goleiro da base rubro-negra e, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, está fora de perigo; e Jonathan Cruz Ventura, 15 anos, em estado mais grave.

Às 8h40, Jonathan foi levado às pressas para o centro cirúrgico. Ele sofreu queimaduras em 40% do corpo e será transferido para o Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, referência no tratamento de queimados.

  • Confira a lista dos mortos:

Christian Esmério, de 15 anos, era goleiro do time sub 15. Ele era de Madureira, no Rio de Janeiro.

Arthur Vinícius, de 14 anos, morava com a família em Volta Redonda e completaria 15 anos no sábado.

Pablo Henrique da Silva Matos, de 14 anos, atuava no time sub17 do Flamengo. Ele era de Minas Gerais e morava no Centro de Treinamento do Flamengo. Pablo era primo de Werley, zagueiro do Vasco.

Bernardo Pisetta, nascido em Santa Catarina, é natural de Indaial, no Vale do Itajaí, e estava desde meados de 2018 no Flamengo. Aos 15 anos, ele também defendeu as cores do Athletico-PR. Bernardo era goleiro da base do Flamengo.

Vitor Isaías, nascido em Santa Catarina, tinha 14 anos. Era atacante e tinha seis meses de clube, após também ter saído do Athletico. O jovem era natural de Florianópolis e iniciou a carreira no futsal do Figueirense. O atleta era agenciado por Sávio, ídolo do Flamengo, mas que optou por não se manifestar.

Athila Paixão, de 14 anos, jogava há um ano no time do Flamengo e era natural da cidade de Lagartaense, em Sergipe.

CLICK  PB

Leia mais notícias do Brasil

Veja outras notícias em catoleagora.com

 

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.