Home / RN / Suspeito de assaltos morre em confronto com a polícia em Caraúbas-RN

Suspeito de assaltos morre em confronto com a polícia em Caraúbas-RN

Compartilhe:

Um homem suspeito de envolvimento em assaltos morreu no início da noite desta quinta feira, 17 de abril de 2019, durante um confronto com policiais militares no município de Caraúbas, distante 72 Km de Mossoró, na região oeste do Rio Grande do Norte.

Leia também: Homem morre vítima de acidente de trânsito no dia do seu aniversário no RN

De acordo com a PM, um grupo criminoso vinha agindo, durante  todo o dia de hoje promovendo assaltos, entre as cidades de Caraúbas e Olho D’água do Borges, onde interceptava veículos que trafegavam pela RN 117 entre as duas cidades e roubava as vítimas.

Ao tomar conhecimento da ação criminosa, policiais do GTO de Apodí e de Caraúbas, passaram a realizar diligências, na região com intuito de prender os assaltantes e acabaram se deparando com os criminosos em uma estrada carroçável próximo a Caraúbas.

Segundo a PM, os indivíduos ao perceber a chegada das guarnições, atiraram contra os policiais. Houve confronto e durante a troca de tiros, um dos integrantes do grupo, identificado como Lucas Soares Fernandes, o “Macaquinho” de 22 anos, foi baleado e socorrido pelos policiais para o hospital de Caraúbas, porém ele não resistiu.

A Polícia Militar informou ainda que Macaquinhos já tinha passagem pelo sistema prisional do estado pela prática de assaltos naquela região. O corpo do assaltante será examinado no Instituto Médico Legal do ITEP unidade regional de Mossoró. De acordo com a PM as buscas continuam no intuito de localizar e prender o restante do grupo criminoso, que conseguiu escapar do cerco policial.

FIM DA LINHA

Leia mais notícias do RN

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.