Suspeito de participar de fuga em massa na PB é preso em apartamento da orla de Fortaleza

A Polícia Civil do Ceará prendeu em Fortaleza um dos suspeitos de participar de uma fuga em massa de mais de 100 presos da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, em João Pessoa, ocorrida em setembro de 2018. Ele foi detido no último dia 18 de outubro, mas a informação foi divulgada nesta terça-feira (22).

 

+ Homem do sertão da PB é assassinado com requintes de crueldade em Mato Grosso

 

Na época, homens fortemente armados explodiram o portão principal da penitenciária após trocarem tiros com policiais militares e agentes prisionais. Um Policial Militar foi morto. No momento do ataque, policiais militares faziam a segurança da unidade instalados em quatro guaritas existentes no muro do presídio. Além disso, 18 agentes prisionais estavam de serviço.

 

Prisão em apartamento na orla

 

Segundo a polícia, Gerliano Faustino Mascena Mendonça, conhecido como Massa Bruta ou Catatau, é um dos homens mais procurados no Estado da Paraíba. Ele foi preso em um apartamento na orla de Fortaleza.

 

Informações detalhadas sobre a prisão do fugitivo serão divulgados em coletiva de imprensa, nesta terça, no auditório do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no Bairro Aeroporto, na capital cearense.

 

G1 PB

Deixe um comentário