Home / Entretenimento / Transexual vencedora do Miss Bumbum diz que revelação de ter feito cirurgia no SUS está ajudando outras
Fotos: Patrick Brito | CO Assessoria

Transexual vencedora do Miss Bumbum diz que revelação de ter feito cirurgia no SUS está ajudando outras

Compartilhe:

Após participar da última edição do Miss Bumbum a primeira transexual a disputar o título de bumbum mais bonito do país até o fim, e ainda levar a faixa de terceiro lugar para casa, a modelo Paula Oliveira, 27 anos, se encontrou com diversos fãs em dúvidas sobre como ela conseguiu fazer a cirurgia de mudança de sexo pelo SUS.

Veja também: Mariana Rios posa sensual em praia e surpreende fãs com biquíni ousado

“Acredito que um dos fato que mais chamou a atenção durante minha campanha para o concurso foi ter revelado que meu pai me ajudou desde o início a conseguir minha cirurgia de mudança de sexo pelo SUS, e fiquei impressionada como tanta colegas não sabia que isso era possível”, contou.

As cirurgias de mudança de sexo são realizadas pelo SUS desde 2008. Paula conta que para obter atendimento os pacientes devem atender requisitos como maioridade, acompanhamento psicoterápico por pelo menos dois anos, laudo psicológico/psiquiátrico favorável e diagnóstico de transexualidade.

“O benefício deveria ser mais divulgado pelo governo. Tive todo o apoio da minha família durante todo o processo, isso é muito importante para qualquer um”.

“Várias perguntas chegaram em meu direct me questionando como consegui o procedimento pelo SUS, afinal nada no Brasil é fácil”, comenta. “É preciso ter persistência e não desistir nunca, nada é impossível”.

CO ASSESSORIA

 Veja mais notícias de entretenimento

Leia outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.