Home / Geral / Trânsito matou 859 pessoas nas vias estaduais em 2018, na PB; 88% eram homens
Foto: Antony Sappres/Fotos Públicas

Trânsito matou 859 pessoas nas vias estaduais em 2018, na PB; 88% eram homens

Compartilhe:

Portal Correio teve acesso em primeira mão a uma versão do Anuário da Segurança Pública na Paraíba mais extensa, com 132 páginas, do que a divulgada oficialmente pelo Estado, na última quinta-feira (31), com apenas 30 páginas. Um dos dados diz respeito a morte por acidentes no trânsito. O relatório apontou que 859 pessoas morreram vítimas de acidentes no trânsito em 2018. A taxa de mortes por 100 mil habitantes ficou em 21,5%, o menor percentual desde 2012.

+ Mortes em confrontos policiais sobem 135% em seis anos, na PB

Ainda conforme o levantamento, 56% das vítimas utilizavam motocicletas e 88% eram homens. Ocupantes de automóveis (carros e caminhões) compuseram o segundo grupo mais afetado, com 31% das mortes no trânsito. Pedestres aparecem logo depois, com 10%, seguidos de ciclistas, 3%.

Algumas condutas do motorista podem evitar acidentes. Uma das principais é a atenção e respeito à sinalização e aos limites de velocidade. “Eles existem para proteger a sua vida”, alerta a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Outro procedimento importante é a manutenção do veículo, verificando principalmente a condição de pneus e de itens de iluminação. Andar muito próximo ao veículo que está à frente e ligar o pisca-alerta com o meio de transporte em movimento também pode causar confusão no trânsito, com um acidente como consequência.

PORTAL CORREIO

Leia mais notícias gerais

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.