Vice-presidente do Afeganistão escapa ileso de ataque a bomba

O vice-presidente do Afeganistão, Amrullah Saleh, escapou ileso de um ataque a bomba nesta quarta-feira (9) em Cabul, no qual pelo menos duas pessoas morreram e outras 12 ficaram feridas, informaram fontes oficiais.

“Hoje, mais uma vez, o inimigo do Afeganistão queria ferir o vice-presidente, Amrullah Saleh, mas eles não conseguiram atingir seus objetivos. Saleh saiu ileso e este ataque terrorista falhou”, informou o gabinete do vice-presidente em um comunicado.

O filho do vice-presidente, Ebad Saleh, que estava no veículo no momento da explosão, também confirmou o estado de saúde do pai. “Garanto a vocês que ele (Amrullah Saleh) está bem e todos estão bem, não há mortes entre nós”, postou em uma rede social.

O ataque ocorreu por volta das 7h35 (local) na praça Taimani Sabiqa, na capital afegã, disse o porta-voz do Ministério do Interior, Tariq Arian, em um comunicado.

A explosão, cujos detalhes não foram especificados, ocorreu enquanto o comboio do vice-presidente passava pela área.

“Até agora, dois mortos e 12 feridos”, acrescenta a nota.

Imagens após a explosão mostraram danos significativos à área, juntamente com fachadas destruídas e peças de veículos carbonizadas.

Nenhum grupo assumiu o atentado.

Saleh, um ex-chefe de inteligência, sobreviveu a outros ataques, incluindo um em seu escritório há um ano, durante a campanha eleitoral que concorreu com o presidente afegão Ashraf Ghani, na qual 24 pessoas morreram.

G1