Vídeo gravado por dentro de carro mostra que motorista que causou batida no Retão estava a 163 km/h e ultrapassou sinal vermelho

Um vídeo do acidente que vitimou o motociclista Kelton Marques de Sousa no Retão de Manaíra, em João Pessoa, mostra que o principal suspeito do crime, Ruan Ferreira de Oliveira, trafegava a 163 km/h. A gravação foi obtida pela família da vítima junto à polícia e cedida à imprensa. O vídeo tem aproximadamente três minutos e expõe conduta perigosa e excesso de velocidade cometidos pelo motorista em outros pontos da cidade, além da ultrapassagem do sinal vermelho no cruzamento onde aconteceu o choque com a motocicleta. As imagens são fortes.

Kelton Marques de Sousa tinha 33 anos e foi atingido pelo carro na madrugada desse sábado (11). Ele trabalhava como motoboy, entregando pizzas, e também era vendedor. Kelton morava em Santa Rita, na Grande João Pessoa, e deixa duas filhas, de 3 e 10 anos.

Imagens de circuito de segurança da área demonstram que Kelton seguia em velocidade normal pela Avenida Miriam Barreto Rabêlo, e foi atingido ao atravessar o sinal verde do cruzamento com a Avenida Flávio Ribeiro Coutinho, o Retão de Manaíra.

Com o impacto, a moto ficou completamente destruída e o motoboy morreu na hora depois de ser arremessado para a calçada. O carro se chocou com o muro de um condomínio e ficou parcialmente danificado.

O delegado Eduardo Montenegro disse, em vídeo à TV Correio, que havia latas de cerveja vazias e maconha dentro do automóvel. Também foram encontrados documentos no veículo. O motorista fugiu do local e ainda não foi localizado.

Quem tiver informações sobre onde estaria o motorista pode denunciar por meio do telefone 197. A denúncia é gratuita e sigilosa.

PORTAL CORREIO